para o maldito pirata

Diga-me, Pirata. Como acostumar-me a solidão e como conformar-me em não te ter quando meu coração clamar por tua presença?
Quando cada parte de mim estiver instável, irritada com a ausência do teu calor, como farei para acalmar meu corpo?
Culpo-me cada dia mais por não conseguir conquistar aquele que amo. Falta-me algo que não sei o que é. E sentir essa incompletude – ainda mais mais do que apenas por não te ter – já que já és parte de mim – [ou deveria ser, ao menos] – é o castigo mais bruto. Me sinto como que um trabalho inacabado, como que insuficiente, como que menor do que precisava ser. Tão duro é aceitar isso que nem mesmo um pirata sem rum ou os que passaram pelos mais amaldiçoados furacões podem me ajudar a descrever… Duro é, e para sempre sentirei assim, enfrentar a realidade de que não sirvo para que meu amor à mim ame.
Tu me desprezastes. Me tomastes em teus braços e depois me jogastes fora, e ainda assim eu me mantive fiel a ti. E novamente tu me reclamastes para ti e mais uma vez me jogastes para fora de tua nau. Como és cruel, Pirata Maldito. E só não te rogo praga ou maldição alguma porque te amo, tanto que mesmo sofrer não me motiva.
Ah, vontade que tenho de gritar aos quatro ventos os sentimentos… E mesmo isso não te faria por mim sentir o mesmo. Quiçá te fizesse ainda mais distante. Intento já tive de declarar-me ao mundo, mas se já o fiz no silêncio de uma cama, onde tudo que importava estava presente, e mesmo assim não te foi o suficiente, então de nada adiantaria. Já conheces o que sinto, Pirata Maldito, mas ‘ind’assim não correspondes.
Mas inda encontro, pirata, um dia, forte feiticeira ou sacerdotisa. E ela me dará aquilo que preciso, seja feitiço, mandinga ou encanto, e teu coração conseguirei te fazer entregar a mim em bandeija de prata. E saiba, Pirata Maldito, que diferente de ti, eu do teu irei cuidar. Porque te amo, Pirata, e nunca desistirei de te amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s